10 alimentos que parecem diet mas não são

10 alimentos que parecem diet mas não são

Quando a fome aperta, é natural que busquemos alternativas saudáveis para manter o peso e não acumular gordurinhas excessivas. Assim, procuramos comer o que achamos ser ao mesmo tempo saudável, gostoso e pouco calórico.

Mas nem sempre é fácil encontrar alimentos que combinem essas três qualidades. À parte os vegetais, a maioria dos alimentos processados contêm não apenas gorduras e açúcares acima da dose diária recomendada, como também possuem conservantes, substâncias nocivas para a saúde.

Assim, o melhor é sempre comer sempre alimentos frescos e consumir moderadamente os processados. Para ajudar você a decidir, neste artigo, vamos falar sobre 10 alimentos que parecem ser pouco calóricos, mas que na verdade escondem muitas calorias entre seus ingredientes.

1. Granola

Uma xícara de chá de granola pode ter até 400 calorias. Essa bomba calórica é, no entanto, saudável, por conter alto teor de fibras saudáveis, de digestão lenta.

Por promover a saciedade e dar energia, é muito recomendada em dietas, mas, se você quiser emagrecer, é preciso tomar cuidado para não ganhar uns quilos a mais com o alimento. Limite seu consumo a cerca de três colheres de sopa por dia, sobre iogurte natural diet.

2. Mel

O mel é um alimento altamente nutritivo e com capacidades anti-inflamatórias, antissépticas e cicatrizantes. Também fortalece os sistema imunológico, tem efeito calmante e uma série de outros benefícios. Entretanto, uma colher de sopa de mel é extremamente calórica. Consuma com moderação se estiver tentando perder peso.

3. Saladas com molho e proteína

Sim, as saladas são realmente pouco calóricas, mas quando possuem proteínas adicionadas, como frango, embutidos e camarão, podem apresentar um alto teor de calorias.

saladaAlém disso, o tomate seco é um ingrediente saboroso muito utilizado para dar cor e sabor a saladas, mas é conservado em azeite ou óleo, sendo muito calórico. Palmito e outras conservas também têm muito sódio, não sendo muito saudáveis.

Por fim, fique de olho no molho das saladas. Molhos à base de mostarda, mel ou queijos são muito gordurosos, e engordam. O mesmo vale para saladas com queijos amarelos entre os seus ingredientes.

4. Sanduíche natural

Sanduíches naturais são uma opção menos calórica que o hambúrguer, por exemplo, mas não deixam de ser calóricos. Assim como as saladas, dependem da maneira como são produzidos e do molho utilizado.

Prefira os de atum conservado em água (e não em óleo) e sem maionese. O atum possui ômega-3 e é uma opção magra e saudável de proteína.

5. Wraps

A massa do wrap, apesar de fina, é feita com farinha de trigo branca, inclusive as versões integrais. Além disso, muitos levam molhos à base de maionese e queijos e proteínas grelhadas em gordura, da mesma forma que as saladas. Prefira preparar seu próprio wrap em casa, utilizando molho de iogurte natural desnatado, tiras de frango grelhado com um fio de azeite e pouco sal. Abuse das folhas verdes e legumes cozidos, cortados em tiras ou cubos.

6. Chás gelados

Chá gelado de laranjaOs tradicionais chás gelados à venda no mercado podem ter a mesma quantidade de açúcar que um refrigerante. Os light possuem aspartame, substância associada ao surgimento de vários problemas de saúde. Além disso, possuem cafeína, substância estimulante que pode levar à dependência e ansiedade. Consuma com moderação, e não todo dia.

7. Sucos de caixa

Sucos de caixa podem ter a mesma quantidade de açúcar que os refrigerantes, assim como os chás gelados, e serem cheios de conservantes. As variações com soja também. Prefira os sucos frescos, sem açúcar, ou a água de coco natural.

8. Kani

kaniO kani é feito com uma massa processada de peixe sem gosto, que leva grande quantidade de glutamato monossódico para dar sabor. Essa substância vicia o paladar e está ligada ao surgimento de alergias e outros problemas de saúde.

 

Apesar de pouco calórico, o kani não é nutritivo e contém 116mg de sódio a cada 20g (a OMS recomenda que o consumo diário de sódio não ultrapasse os 2 g/dia).

9. Chocolate diet

As versões diet não contém açúcar, mas têm muita gordura, adicionada para ficar mais saboroso. Já as versões light, menos calóricas, podem conter aspartame, um verdadeiro veneno para o organismo. Prefira comer doses bem moderadas do chocolate comum, mais saudável e com as mesmas calorias que a versão diet.

10. Peito de peru

Como todos os embutidos, pode conter nitrato, substância recentemente considerada como altamente cancerígena pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Além disso, o peito de peru contribui para a pressão alta e retenção de líquidos por causa de seu alto teor de sódio.

Consuma com moderação ou melhor, não consuma. Prefira um filé de carne magra fresca e orgânica grelhada para uma refeição mais saudável para você e sua família.

Categorias: Dietas