6 Dicas Para Poupar Ao Comprar Carne

6 Dicas Para Poupar Ao Comprar Carne

Para todos os apreciadores de carne, ou pessoas que seguem uma dieta como o Paleo, existem boas notícias: é possível manter os seus hábitos de consumo de proteína animal sem ter de gastar muito dinheiro no supermercado. Para quem consume carne todos os dias sabe que nem sempre a carne com a melhor qualidade é a mais barata. O importante não é comprar carne de má qualidade mas sim usar algumas dicas que permitem poupar algum dinheiro.

1 – Comprar o animal inteiroo corte do frango
Claro que ninguém quer levar a carcaça do animal inteiro para casa, a não ser que tenha um assador que o permita. Mas se pegarmos por exemplo no exemplo do frango, comprar apenas o peito do frango pode ficar muito mais caro do que comprar um frango inteiro. O frango inteiro permite alimentar duas pessoas sem problema. Por outro lado para alimentar duas pessoas a peito de frango tem de se gastar mais porque esta parte do frango é mais cara.
Isto pode ser aplicado a qualquer animal, uma vez que no preço é adicionado o valor do trabalho de cortar a carne. Por exemplo costeletas sem ossos são mais caras do que as costelas normais.

2 – Não coma sempre o mesmo corte de carne
Uma forma de comer carne e forma mais sustentável é diversificar no tipo de carne que come e também no corte de carne. Por exemplos é muito comum pessoas procurarem perna de frango, costeletas, bifes de peru, uma vez que as pessoas já estão habituadas a este tipo de corte de carme.
Os cortes menos comuns são geralmente os mais económicos pelo que são uma opção económica. Como as pessoas não sabem o que estes bocados de carne são ninguém compra, razão pela qual são mais baratos.

3 – Dar valor as miudezas
Não pense já que miudezas são horríveis. Estes “pedaços desagradáveis” não são assim tão desagradáveis. As miudezas são as carnes de um órgão do animal e as mais comuns são fígado, cérebro, intestino, rim e coração. É verdade que comer alguns destes órgãos pode ser difícil devido ao seu aspeto, mas se conseguir superar isso vai comer alguns dos melhores petiscos do mundo.
Só tem de ter um pouco mais de tempo, amor e habilidade para a carne ficar cozinhada na maneira mais correta.

4 – Use os ossos
Esta é uma novidade no mundo da alimentação saudável. Acredita-se que cozer os ossos durante mais tempo do que o habitual leva à libertação de colagénio e gelatina que são importantes para a saúde das articulações.
Assim pode afirmar que usa o animal inteiro!

carne_embalada_620
5 – Não compre carne embalada

Para além de ser mais cara devido à embalagem, ingerir carne pré embalada não é uma solução muito saudável.
Algumas pessoas procuram alimentos processados para poupar tempo, mas os produtos processados foram classificados pela Organização Mundial de Saúde como cancerígenos devido aos conservantes e produtos químicos.

Estas são algumas dicas que permitem poupar algum dinheiro e manter uma alimentação mais saudável. Opte por uma alimentação económica, sustentável para o ambiente e saudável para o seu bem-estar.

Categorias: Alimentação