Alimentos A Evitar Para Manter O Bem-Estar Intestinal

Alimentos A Evitar Para Manter O Bem-Estar Intestinal

O nosso organismo possui milhões de microorganismos que vivem no nosso aparelho digestivo, especialmente nos intestinos. Falar destas bactérias não é um assunto muito elegante e pode não ser atrativo para a maioria das pessoas, contudo é um tema bastante debatido pelos especialistas de saúde na atualidade. Isto porque durante a última década as investigações demonstrou que as bactérias que existem a nível intestinal desempenham um papel importante na saúde dos humanos, principalmente na digestão, armazenamento de gordura e saúde do coração. Possuir um intestino saudável pode inclusive ajudar a resolver condições de pele, como eczema ou acne, e pode ainda ter importância para o controlo do estresse e da ansiedade.
gut_bacteriaEntão para um bom funcionamento intestinal basta ter as bactérias intestinais controladas, existindo uma quantidade de bactérias “boas”, como é o caso dos lactobacillus, superior às bactérias “ruins”. Se este equilíbrio ficar comprometido podem ocorrer processos de inflamação ou aumento dos níveis de gorduras no corpo.
Infelizmente não é assim tão simples deixar as boas bactérias crescer. Existem muitos fatores que podem afetar a quantidade de bactérias no intestino, contudo existe uma coisa que todos podemos controlar a 100 porcento: o que comemos!

É certo que existem alimentos que devemos comer para manter as bactérias do intestino como iogurte ou alimentos fermentados. Contudo existem determinados alimentos que não devem ser consumidos em grandes quantidades de modo a que não se perder o equilíbrio intestinal:

Bacterias-resistentes-a-los-antibióticos-problema-creciente-de-salud-y-otra-razón-para-consumir-carne-ecológica.1 – Carne, especialmente de aves
Como todos sabemos os antibióticos matam as bactérias, contudo matam tanto bactérias “boas” como as “ruins”. Pelo que se temos uma infeção devemos consumir antibióticos, mas numa situação normal estes podem causar sérios danos à flora intestinal. Um grande problema das carnes vendidas hoje em dia é os produtores administram grandes quantidades de antibióticos nos animais, pelo que ao comermos carne podemos estar a ingerir antibióticos mesmo sem sabermos. E isto é um problema que vem ocorrendo cada vez mais vezes uma vez que as empresas de criação de gado usam este tipo de medicamentos para que os animais ganhem mais peso, em vez de os usarem apenas para tratar doenças.

2 – Edulcorantes Artificiais
Sim comer coisas doces sem calorias pode parecer muito saudável, mas contudo não devemos deixar de pensar que estamos a ingerir algo “artificial”. Estudos sugerem que alguns adoçantes podem realmente alterar o equilíbrio bacteriano intestinal. Casos como intolerância à glucose e outra série de problemas de saúde podem surgir após o consumo de edulcorantes artificiais durante apenas uma semana. Mas não pense que só por causa disto pode começar a abusar do açúcar. Para adocante-o-uso-exagerado-faz-comer-maisalém do problema das calorias, as bactérias “ruins” também se alimentam dos açúcares, pelo que o consumo desta substância deve ser feito de forma moderada.

Concluindo
Se consome muito frango ou é se é das pessoas que prefere usa adoçante no café pode ser uma altura de pensar em mudar as suas rotinas. Não é necessário parar o consumo definitivo deste tipo de alimentos mas se por acaso tem sentido desconforto a nível digestivo, como acumulação de gás e dor abdominal, pode ser importante deixar de partes estes alimentos durante algum tempo.

Categorias: Alimentação, Saúde