Benefícios de uma dieta baseada em vegetais

Benefícios de uma dieta baseada em vegetais

Muitas pessoas acham que se tornar vegetariana ou vegana significa comer “comida de coelho”, ou seja, apenas saladas e arroz integral, refeições insossas e sem graça.

Mas isso é um mito. Você não precisa ser vegetariana para aproveitar os benefícios de uma dieta mais baseada em vegetais do que em alimentos de origem animal.

A comida saudável traz vários benefícios à saúde, tanto física quando mental. Ela não apenas desintoxica seu corpo físico, como também a mente e o coração. A alimentação adequada pode prevenir doenças e até melhorar os casos de problemas emocionais, como a depressão e a ansiedade. Também pode aumentar o nível de energia disponível.

Como passar de uma dieta praticamente toda baseada em proteínas e gorduras para uma mais baseada em alimentos vegetais? Aqui estão alguns passos para alcançar esse objetivo sem sacrifícios:

Passo 1: Não seja radical
principal_sopa_vegetaisNão mude sua dieta radicalmente. É recomendável procurar um profissional de nutrição e seguir as suas instruções. Caso você não queira ou não possa pagar por esse acompanhamento, use o bom senso e respeite seu próprio ritmo. Mudanças radicais geralmente não trazem resultados a longo prazo e geram frustração.

Passo 2: Comece com apenas uma refeição vegetariana e cresça a partir daí
Você pode começar pelo café da manhã, uma refeição simples e leve, e depois passar para refeições mais complexas – o almoço e o jantar.

Uma sugestão seria um smoothie de iogurte natural e frutas, como uvas, bananas, morangos ou maçãs, adoçado com mel. Um pão integral com folhas verdes – alface, rúcula, agrião – queijo e uma fatia de presunto de peru. O objetivo não é eliminar por completo a proteína de origem animal, mas diminuir bastante sua proporção na dieta.

Passo 3: Prefira chá a café
O Brasil é conhecido pela qualidade do seu café, mas essa bebida, apesar de saudável, é estimulante e tende a desidratar o corpo. Se possível, prefira chás leves, como o chá verde, branco, de flores e frutas.

Passo 4: Beba sua comida
suco_verdeO que significa “beber” a comida? Significa que você pode preparar sucos verdes muito nutritivos e obter todas as vitaminas e minerais de que precisa para se alimentar bem, sem precisar mastigar muito. Bebidas saudáveis hidratam, alimentam e podem fazer maravilhas por sua saúde, humor e autoestima.

Passo 5: Experimente novos ingredientes
Esta é a hora de descobrir novos ingredientes e técnicas culinárias. Entre os alimentos que contribuem para uma dieta baseada em vegetais e que não são tão conhecidos estão a chia, a espirulina, o grão-de-bico, a alcachofra e a berinjela.

Passo 6: Prepare sanduíches de vegetais
O segredo está na combinação dos ingredientes e na escolha do pão e dos molhos, a fim de tornar os seus sanduíches de vegetais deliciosos.

Por exemplo, você pode preparar hambúrgueres de berinjela, pastas de grão-de-bico (homus), creme de tofu e molhos à base de iogurte natural e ervas finas, ou de mostarda e mel.

Para enriquecer nutricionalmente seu sanduíche, utilize espinafre fresco, cenoura e beterraba ralada, rabanete, agrião, alface e o que mais quiser, evitando queijos e carnes.

Você pode criar uma infinidade de sanduíches, já que se trata de uma receita muito versátil.

Passo 7: Adapte suas receitas favoritas para que se tornem mais saudáveis
sanduiche_vegetaisSe você adora brigadeiros, por exemplo, pode experimentar o leite condensado de soja ao invés do feito com leite de vaca, mais gorduroso. Se gosta de pizza, experimente usar massa integral, molho de tomate feito em casa, ovos e vegetais como cobertura, ao invés de calabresa.

Sorvetes à base de iogurte também são mais saudáveis. Prefira o azeite à manteiga e prefira alimentos assados, cozidos e grelhados a frituras.

Passo 8: Saboreie suas refeições num ambiente calmo
Comer correndo, conversando nervosamente, de pé, ou dirigindo (!) dificulta a boa mastigação e a absorção dos nutrientes. Também pode promover transtornos do estômago, como a gastrite.

Já quem gosta de comer assistindo televisão ou navegando na internet pode aumentar a compulsão por comida, comendo porções maiores, “sem sentir”, já que não presta atenção ao que ingere.

Não cometa esses erros. Sente-se para comer, num ambiente calmo, e deguste sua refeição com calma e satisfação. O corpo inteiro vai agradecer.

Categorias: Alimentação
Tags: dieta, Vegetais