Benefícios do parto humanizado

Benefícios do parto humanizado

O parto é um dos momentos mais mágicos e preciosos que existem. As mulheres podem ter alguns medos em relação a qual a melhor maneira de ter seu filho, ou “parir”.

Neste artigo, vamos falar sobre as vantagens de escolher o parto humanizado, uma maneira natural de dar à luz, no ambiente hospitalar ou até mesmo na casa dos pais da criança.

Vantagens do parto humanizado

  • Reconhecer pais e filhos como verdadeiros protagonistas do nascimento da criança, ao invés da equipe médica.
  • Promover o vínculo personalizado entre o casal e a equipe profissional que acompanha o parto.
  • Respeitar a intimidade do entorno durante o parto e o nascimento. A mãe pode escolher dar à luz em casa, cercada pelos objetos que ela mais ama, ouvindo suas músicas cuidadosamente escolhidas para esse momento, feliz por estar num ambiente em que ela se sente segura, “em casa”, feliz.parto-humanizado
  • A mulher pode ter mais liberdade para se mover durante o parto e escolher a posição mais confortável para ela. Sentada, de cócoras, deitada… ela escolhe a maneira em que vai parir.
  • Respeitar a necessidade de escolha da mulher das pessoas que a acompanham no parto (família, amigos), ao invés de impor uma equipe médica, que não possui vínculos emocionais profundos com a paciente.
  • Promove o vínculo imediato entre a mãe e o recém-nascido, evitando submeter a criança a manobras ou exames desnecessários.
    Ao nascer, o bebê é imediatamente colocado junto à mãe. Em muitos partos, ele sai do canal vaginal diretamente para as mãos de sua mãe ou do seu pai, ou de ambos. Então, é levado ao peito. No parto cesárea, a criança é retirada do útero e levada para um pequeno leito onde são realizadas medições e exames, ficando o tempo inteiro separado da mãe.
  • No parto humanizado, o pai ou familiares podem estar junto da mãe e do recém-nascido a todo momento, dando amor, carinho, apoio e confiança à mulher. Num ambiente familiar, cercada por pessoas em quem confia e a quem ama, é mais fácil para a futura mãe ter um parto tranquilo.

Em termos de postura, a maioria das mulheres gosta de parir sentada, de cócoras e na posição vertical, pois a força da gravidade facilita a dilatação e o processo expulsivo.

No parto natural, também não são usados analgésicos, permitindo à mulher não perder a consciência do próprio corpo durante o nascimento do seu filho. Técnicas de respiração, relaxamento e massagens são usados para gerenciar a dor, o que dá às mulheres uma sensação de força e poder pessoal.

Durante o processo expulsivo, o canal vaginal comprime suavemente o bebê, facilitando a eliminação de fluidos do sistema respiratório do recém-nascido, algo que não pode acontecer durante o parto cesariano.

renascimento_do_partoA recuperação no pós-parto é mais fácil e rápida após o parto normal, pois a cesariana é um processo cirúrgico. Os pontos externos levam até 10 dias para curar, enquanto os internos levam meses.

É claro que a decisão de qual parto é mais adequado cabe à mulher e à sua equipe médica. Em poucos casos, a cirurgia é necessária, mas a grande maioria das mulheres pode dar à luz naturalmente. O Brasil é o país em que mais se realizam cesarianas no mundo.

Mais de 80% dos partos da rede privada de saúde são cesarianas. A grande maioria dessas cirurgias é completamente desnecessária. Essa situação tem chamado a atenção da comunidade obstétrica mundial, e hoje há todo um movimento pela volta do parto normal no Brasil, encabeçado pelo filme “O Renascimento do Parto”, em que são explicadas as várias vantagens do parto normal.

Além de todos os seus benefícios para a mãe, a família e o bebê, o parto natural, humanizado, é também mais econômico.

Categorias: Saúde
Tags: Nascimento, Parto