Como cuidar da saúde dos rins

Como cuidar da saúde dos rins

Os rins são órgãos vitais, sendo centrais para a regulação dos fluidos do corpo, para a desintoxicação dos dejetos e para manter o equilíbrio do organismo. Esses pequenos órgãos filtram todo o sangue do corpo 15 vezes por dia.

Cada rim tem mais ou menos o tamanho de um punho fechado, e uma anatomia complexa que inclui dutos e canaletas, por onde o sangue passa e a urina é produzida e coletada.

suco_de_melanceiaQuando não bebemos água suficiente, quando nossa dieta é rica em cálcio ou ácido úrico, ou por problemas metabólicos, podem se formar pedras nos rins, um problema de saúde grave e doloroso, que requer atendimento de urgência.

Mas a melhor maneira de proteger seu rins é um hábito muito simples, e que também beneficiará seu corpo como um todo, mantendo-o hidratado: beber bastante água e líquidos, como sucos naturais.

Neste artigo, falaremos mais sobre como manter a saúde desses órgãos tão importantes para o bem-estar e a saúde.

Hábitos que fazem mal aos rins:

  • O hábito de “prender” o xixi, ou seja, não urinar quando se tem vontade
  • Não beber água o bastante
  • Desidratação por causa do sol ou excesso de calor
  • Consumir muito sal e/ou muito açúcar e farinha refinada
  • Não tratar de infecções urinárias simples, como a cistite, rapidamente e da maneira correta
  • Comer muita carne
  • Carências nutricionais
  • Dietas restritivas, como as que são usadas para perder peso rápido
  • Uso exagerado de anestésicos
  • Abuso de álcool
  • Não descansar o bastante
  • Problemas do sono
  • Exaustão
  • Excesso de café

Para desintoxicar os rins, invista em sucos adstringentes e diuréticos, como os que contêm:

  • Melão
  • Salsa
  • Gengibre
  • Coentro
  • Melancia
  • Couve
  • Pepino
  • Pera

Para prevenir pedras nos rins, evite:

  • Doces: limite a quantidade de açúcar que você consome, bebidas adoçadas, como suco de caixa, refrigerantes, laticínios e chocolate.junk_food
  • Farinhas refinadas: As farinhas refinadas (trigo branco, maisena) têm pouquíssimos nutrientes e podem sobrecarregar os rins, levando à formação de pedras.
  • Carnes processadas: as carnes processadas, como presunto, salame, hambúrgueres e salsicha, podem fazer o
    corpo excretar cálcio, o que significa que mais cálcio é enviado para os rins, onde pode se acumular e formar pedras.
  • Alimentos com zinco: Pessoas que consomem mais zinco (presente em alimentos como sementes de abóbora, castanhas de caju, carne ou espinafre) podem aumentar as chances de ter pedras nos rins.
  • Cafeína e álcool: Ambos desidratam e podem ser difíceis de digerir, o que pode piorar as pedras nos rins.

O que comer:

  • Vegetais e frutas frescas: Alimentos frescos e ricos em água, que promovem o funcionamento saudável dos rins, incluem bananas, vegetais de folhas verdes, brotos, peixe e pequenas quantidades de carne orgânica.
  • Alimentos ricos em vitamina E: frutas vermelhas, azeite de oliva, amêndoas, abacate e abóbora são excelentes fontes de vitamina E.
  • Alimentos alcalinos: alimentos ácidos podem ajudar a equilibrar o nível de pH do corpo. São boas opções o salsinhalimão, a laranja e o vinagre de maça, que podem ajudar o corpo a eliminar as pedras.
  • Alimentos ricos em potássio e magnésio: Incluem muitas folhas verdes, brócolis, repolho, melão, bananas e abacate.
  • Grãos integrais: nutritivos e ricos em fibras, podem ajudar o corpo a consumir mais líquido e a desintoxicar mais facilmente, por facilitar o trabalho do intestino.

Durante uma crise de pedras nos rins, não é aconselhável aumentar o consumo de água e de líquidos, ao contrário do que podemos pensar. A água forçará os rins a produzir mais urina, mesmo durante a crise, movimentando as pedras e forçando sua passagem, o que pode causar lacerações, infecções e aumento da dor.

Se você estiver sentindo dor forte num dos lados das costas, que irradia até o abdômen, apresenta sangue na urina, febre, náuseas e vômitos, esses podem ser sintomas de uma crise. Procure um médico imediatamente.

O tratamento inclui analgésicos para cessar a dor, e o médico avaliará qual a melhor maneira de eliminar o problema. Muitas vezes, as pedras são bombardeadas com ondas de choque que tornam mais fácil para o corpo eliminá-las pela urina.

Há ainda a opção de realizar cirurgias para a retirada dos cálculos. De toda forma, o essencial é que você não se auto-medique e busque a ajuda de um especialista em urologia. Quando tratada a tempo e da maneira correta, a crise de pedras nos rins não oferece graves riscos à saúde.

Categorias: Saúde