Como manter a saúde do cérebro com chás naturais

Como manter a saúde do cérebro com chás naturais

O nosso cérebro é um dos órgãos que mais consome energia no corpo. Ele se alimenta exclusivamente de glicose, e a melhor maneira de obtê-la é através de alimentos como frutas e grãos, ao invés de doces e carboidratos refinados, que oferecem glicose, mas quase nenhum nutriente.

Entre os alimentos que fazem muito bem à saúde do cérebro, podemos citar:

saude_do_cerebro_alimentacao Peixes
– Nozes e castanhas
– Verduras
– Cogumelos
– Frutas cítricas
– Legumes
– Aveia
– Abacate
– Ginseng
– Gengibre
– Feijão

Neste artigo, compartilharemos receitas de dois chás que são verdadeiros tônicos para o cérebro. Ajudarão você a manter-se alerta e com altos níveis de concentração e energia mental, sem ter que recorrer aos tradicionais energéticos – como o café e o chocolate.

Quer anotar?

Chá de cardamomo, leite de soja e gengibre

4 vagens de cardamomo
2 paus de canela-do-ceilão
2 colheres de chá de gengibre ralado na hora
1-2 sachês de chá de maçã
50 ml de leite de soja
Mel para adoçar
600 ml de água

Como fazer:
– Leve a água ao fogo para ferver. Quando levantar fervura, adicione todos os ingredientes, menos o leite de soja, o chá e o mel. Deixe ferver por alguns minutos e então desligue o fogo. Adicione os sachês de chá e aguarde cerca de 15 minutos. Coe e adoce com o leite e o mel. Consuma imediatamente, pela manhã, para despertar o cérebro e prepará-lo para as atividades diárias, em substituição ao café.

hortelaChá de hortelã

Ingredientes
2 raminhos de folhas de hortelã frescas
1 colher de chá de mel para adoçar
200 ml de água

Como fazer:
Prepare o chá de hortelã normalmente e adoce com mel. O hortelã é um vegetal muito energizante, que aumenta o fluxo de sangue para o cérebro, mantendo-o mais alerta, tornando a mente mais clara e despertando a criatividade. Consuma em qualquer momento do dia. Pode também ser consumido gelado, garantindo uma bebida refrescante nos dias mais quentes do ano.

Outras dicas para estimular e cuidar da saúde do cérebro

O cérebro precisa também de uma dieta adequada e saudável para se manter sempre alerta. Além disso, uma boa rotina de exercícios também é fundamental para manter a circulação sanguínea livre de acúmulos de gordura e levando nutrientes para todos os tecidos do corpo, além de glicose suficiente para o cérebro.

Os doces em geral, com alto nível de açúcares, são famosos por dar uma dose de energia extra ao corpo inteiro e promover o foco e a concentração, ainda que temporária. Entretanto, esses alimentos causam picos glicêmicos seguidos por grandes depressões no nível de açúcar sanguíneo, expondo o cérebro e todo o corpo a altos e baixos perigosos, sobretudo a longo prazo.

Para evitar o problema e garantir ao cérebro um aporte estável de glicose ao longo do dia, consuma alimentos como amêndoas e grãos integrais, carboidratos de digestão mais lenta, ricos em glicose, vitaminas, fibras e minerais.

Exercite seu cérebro
exercitar_o_cerebroAssim como as fibras musculares do corpo, as células nervosas também precisam de exercícios constantes para ficarem “em forma” e manterem-se saudáveis. Para isso, invista em bons livros e também em desafios de lógica, matemática e resolução de problemas. Questões e atividades que estimulam o raciocínio e pensamento estratégico, como o sudoku e o xadrez, são bons exercícios para se praticar regularmente.

Dedicar-se a atividades criativas, como o desenho, a pintura, a dança, a música e a escultura, também é uma excelente maneira de cuidar bem do seu cérebro.

Abra-se a novas experiências de vida
Viajar, conhecer novos lugares e novas pessoas é essencial para cuidar bem do corpo e da mente, e tem resultados muito positivos sobre o cérebro. Ajuda a formar novas conexões entre as células, remodelando o cérebro, que é um órgão muito plástico. Invista em viagens e em aprender algo novo a cada ano, seja a prática de um novo esporte, de uma nova atividade ou o desenvolvimento de um talento até então pouco utilizado.

Com informações do livro Bebidas que Curam, de Anne McIntyre

Categorias: Saúde