Damasco: um verdadeiro tônico natural

Damasco: um verdadeiro tônico natural

Se você não tem o hábito de comer damascos, é natural, pois esta fruta não é muito comum na dieta do brasileiro. Mas ela contém tantos nutrientes que vale a pena inclui-la nas suas receitas. Confira algumas das características do damasco:

— Muito parecido com o pêssego, faz parte da família das ameixas
— Rico em nutrientes e em antioxidantes
— Rico em vitaminas A, B e C
— Rico em ferro, sobretudo os damascos secos. Com a vitamina C presente na mesma fruta, a absorção do ferro pelo organismo fica mais fácil.

Por ser rica em ferro, vitaminas e minerais, damascos são muito indicados para quem sofre de anemia ou para quem precisa de reforço na dieta, como crianças, atletas e grávidas.

Quem estiver mentalmente estressado, sofreu algum abalo emocional ou esteja se recuperando de uma doença ou cirurgia também pode se beneficiar dos poderes tonificantes do damasco.

O damasco também é rico em cálcio, magnésio e potássio, o que faz dele um excelente tônico para o sistema nervoso, que precisa desses minerais para diversas funções. Também faz bem aos músculos.

Bom para combater a prisão de ventre e para emagrecer

damasco_secoO damasco é rico em fibras, sobretudo fresco. Consuma-o sempre com casca para obter mais dos seus benefícios para o sistema digestivo e intestinal. Suas fibras mantêm as fezes hidratadas enquanto passam pelo intestino grosso, evitando constipação, fezes muito duras, hemorroidas, diverticulite e outros transtornos do cólon.

Ele também aumenta a sensação de saciedade, contribuindo para dietas para a perda de peso, pois tem poucas calorias, apesar de ser tão doce.

Seu sabor suave tem propriedades calmantes sobre o estômago e todo o sistema digestivo, quando consumido sob a forma de bebidas, vitaminas e sucos variados.

Faz bem para o coração

As vitaminas A e C protegem o organismo contra doenças do sistema vascular e cardíaco. A vitaminas C faz bem ao sistema imunológico e ajuda o corpo a combater inflamações, que podem levar ao acúmulo de placas de gordura nas artérias e veias.

Como consumir o damasco?

De preferência, opte pelo damasco fresco, um pouco difícil de encontrar no Brasil. Mas a versão seca também cotem nutrientes, e até mais ferro. Só tome cuidado para não comprar damascos secos desidratados com o uso de substâncias químicas nocivas, como o enxofre.

Você pode usar o damasco numa variedade de preparações, como doces, saladas e vitaminas. Abaixo, segue uma receita excelente para os intestinos e também calmante para o sistema nervoso.

damasco_vitaminaTônico de mamão e damasco

Ingredientes
6 damascos secos (ou frescos)
½ mamão papaia
200 ml de água
3 colheres de sopa de aveia
1 colher de sopa de amêndoas em pó
1 colher de chá de sumo de gengibre

Como fazer:

— Bata todos os ingredientes no liquidificador até obter uma mistura homogênea. Consuma imediatamente.

Salada com damascos

As saladas são extremamente versáteis e podem ficar prontas em poucos minutos. Basta ter os ingredientes certos à mão e muita vontade de usar a criatividade para ter um prato rico em cores, sabor e nutrientes.

O damasco dará um toque doce e cítrico a qualquer salada, que pode ser feita com folhas verdes ou grãos. Confira nossa sugestão:

Ingredientes
5 folhas de alface americana
Folhas de rúcula a gosto
5 damascos secos em tiras finas
Queijo branco em migalhas
2 tomates sem sementes em tiras finas

salada_com_damascoMolho
3 colheres de sopa de mostarda
1 colher de sopa de mel
Sal e pimenta do reino a gosto

Preparo:
— Lave bem as folhas e os tomates. Corte os tomates em tiras, depois de remover as sementes, e rasgue as folhas com as mãos, se preferir.
— Numa saladeira, misture todos os ingredientes, mexendo bem.
— À parte, misture os ingredientes do molho. Sirva num recipiente separado ou sobre a salada.
— Se quiser, salpique algumas castanhas ou amêndoas sobre a salada.

Categorias: Alimentação