O poder da música: saiba como utilizá-lo no dia a dia

O poder da música: saiba como utilizá-lo no dia a dia

A música pode alterar nosso humor, influenciar o sistema nervoso e atuar na liberação de hormônios e substâncias que promovem o bem-estar no corpo.

Os sons podem nos ajudar a relaxar, nos motivar a fazer exercícios físicos, ajudar a criar um clima romântico, liberar emoções há muito guardadas e adormecidas e até levar-nos a estados alterados de consciência, mais próximos da devoção ou da espiritualidade.

A musicoterapia, que utiliza o poder dos sons para curar, também foi reconhecida pela Organização Mundial de Saúde como uma terapia eficaz para diversos males.

Você sabe como usar o poder da música no seu dia a dia? Confira dicas neste artigo!

1. Música para melhorar a qualidade do sono

Ouvir música ou sons relaxantes antes de dormir melhora a qualidade do sono, dizem estudos. Os melhores áudios contra a insônia são:

— Música clássica lenta e delicada, como os noturnos de Chopin.
— Sons da natureza, como de riachos, pássaros, ondas do mar e outros.
— Cantos indianos lentos e cantados em voz baixa (mantras).
— Cantos tibetanos meditativos.
— Músicas tipo “caixinha de música”.
— Versões instrumentais de músicas infantis.

2. Música para se exercitar

No extremo oposto das músicas ideais para relaxar e dormir um sono profundo estão as canções e sons que nos fazem vibrar, disparam a adrenalina nas veias, aumentam a pressão sanguínea, aquecem e nos motivam a mexer o corpo.

Para isso prefira:

— Sons de tambor
— Batidas de ritmos africanos e da Bahia, como a zumba e o axé
— Música eletrônica
— Música pop “para dançar”

Os sons do tambor também são excelentes para energizar o corpo físico e restaurar nossa conexão com a mãe Terra.

3. Música para se concentrar

Sim, a música pode nos ajudar a nos concentrar melhor em tarefas intelectuais. Seja estudando, escrevendo ou realizando outros tipos de tarefas que requerem foco, músicas instrumentais relaxantes e repetitivas podem ser ideais para quem quer estimular o raciocínio.

Prefira músicas sem letras e ouça a música como um som de fundo, num volume bem baixo, para não ter o efeito oposto – falta de concentração.

4. Música para liberar tensão, estresse e emoções reprimidas

Quem nunca cantou a plenos pulmões quando se viu sozinho em casa, e se sentiu muito bem depois disso? Quando cantamos sem nos preocupar em sermos julgados, liberamos muita energia estagnada, tensão, estresse e emoções, como tristeza, mágoas, raiva ou emoções positivas, como a alegria e o amor.

A melhor música para movimentar suas emoções é uma só: a que você mais gosta. Nesta categoria, não há regras, o essencial é que a música combine com o seu estado de espírito e que você se sinta bem em cantá-la ou ouvi-la várias vezes.

Mas prefira fazer isso sozinho, com privacidade ou num ambiente seguro, em que seja possível se expressar sem ser criticado.

5. Música para estimular a criatividade

Crianças e adultos que têm a oportunidade de aprender um instrumento podem desenvolver a própria criatividade, assim como outros talentos, como a linguagem.

O hábito de tocar um instrumento musical ou de cantar é ainda muito bom para desenvolver a disciplina, o senso artístico, a autoestima e a confiança nos próprios dons.

Bons instrumentos para começar a tocar são a flauta doce, o piano (ou teclado) e os instrumentos de percussão. Eles são fáceis para iniciantes e podem ser a porta de entrada para o universo musical.

6. Música para a hora do parto

Muitas mulheres que escolhem o parto normal levam uma playlist com suas músicas preferidas e relaxantes para o momento do parto. São músicas com valor emocional para a mulher, para o casal e para a família.

Podem ser canções que lembram a infância, o amor de mãe, momentos importantes na vida do casal e da família.

Novamente, aqui a escolha é livre e depende dos gostos da futura mamãe. Já outras mulheres podem preferir ter o parto em silêncio, sem nenhuma música ou ruído, para se conectar mais com o próprio corpo e com o bebê.

7. Música para meditar

Algumas músicas e sons são ideais para nos colocar num estado meditativo, mais “perto de Deus”. Confira algumas:

— Mantras e cantos hindus e tibetanos
— Gayatri Mantra, um mantra indiano considerado sagrado
— Sons da natureza
— Música clássica religiosa
— Hinos religiosos, com ou sem letra
— Orações musicadas, como a Ave Maria de Bach ou e Schubert
— Canto gregoriano
— Música tocada por orquestras

Categorias: Saúde