Por que a gordura se acumula na barriga?

Por que a gordura se acumula na barriga?

Se gordura fosse chuva, a barriga seria como um vale onde toda a água se acumula. A maioria das pessoas sofre com a gordura abdominal, que mantêm por toda a vida, apesar de emagrecer com sucesso.

Os chamados “pneuzinhos” são muito difíceis de eliminar, e muita gente apenas desiste, aprendendo a “esconder” seu abdome mais roliço através de roupas e até usando cintas compressoras.

Mas por que será que a gordura teima em se acumular na barriga e não em outras áreas do corpo, como as canelas e antebraços?

A resposta é que o corpo, como tudo na natureza, é bastante sábio. Como o principal objetivo da gordura é servir de reserva calórica para o organismo, o corpo quer gastá-la o menos possível, então acumula-a ao redor do tronco, que se movimenta pouco no dia a dia e gasta menos calorias.

Se a gordura fosse “guardada” perto das canelas, pés, antebraços e dedos das mãos, o uso constante dessas partes do corpo faria com que a reserva fosse queimada rapidamente. Por isso, manter a maior parte da gordura abdominal segura ao redor do tronco permite que ela seja transportada para lá e para cá pelo corpo sem riscos de gastá-la.

Como perder gordura abdominal?

Primeiro, você precisa pensar como seu corpo pensa. Nós vemos a gordura como inimiga e queremos queimá-la a todo custo; o corpo vê a gordura como uma “poupança” que deve ser economizada a todo custo.

Daí, o primeiro passo entender que é preciso um programa longo que combine dieta, exercícios físicos, persistência e acompanhamento para perder a gordura abdominal, a última a desaparecer.

Você já deve ter percebido que, ao final da dieta, mesmo perdendo vários quilos e definindo várias partes do corpo, a gordura abdominal continua lá, firme e forte. Isso porque ela é a última a ser utilizada pelo organismo.

A perda de gordura acontece primeiro no rosto, pescoço, pernas e braços, e só depois de vários meses de programa de emagrecimento começa a afetar realmente o abdome.

Gordura abdominal traz grandes riscos à saúde

A gordura abdominal visceral, que se acumula sobre órgãos vitais, como o pâncreas e o fígado – a gordura pode se instalar até dentro do fígado – é muito perigosa para a saúde. Mulheres com mais de 88cm de cintura já precisam se preocupar em perder peso, para não acumular gordura visceral.

O excesso de gordura na barriga também aumenta o risco para doenças cardiovasculares, entupimento das artérias, diabetes e pressão alta.

perder_barriga

Dicas para perder barriga

— Inclua o arroz integral na sua dieta. Rico em fibras, ajuda a dar maior sensação de saciedade.
— Antes das refeições, beba meio copo de água com duas colheres diluídas de vinagre. Isso ajuda a controlar o apetite em até 80%. O ácido acético também reduz o acúmulo de insulina, ajudando a emagrecer.
— Faça um plano de exercícios que misture musculação, para tonificar músculos, aeróbica, para queimar gordura e estimular a circulação, e exercícios de baixa intensidade, como caminhadas. Exercite-se três vezes por semana para melhores resultados.

Com um plano realista de emagrecimento, você terá mais condições de perder a gordura da barriga sem metas irreais. Afinal, lembre-se de que o acúmulo de gordura na região do abdome deve-se a causas biológicas, genéticas, evolutivas, e tudo isso não pode ser anulado.

O melhor é fazer as pazes com seu corpo e entender o próprio metabolismo, para saber com que armas lutar contra o excesso de gordura abdominal.

Categorias: Fitness