Receitas naturais para acabar com a dor de garganta

Receitas naturais para acabar com a dor de garganta

Durante o ano, todos nós geralmente temos uma ou duas “crises de garganta”, também chamadas de “viroses”, inflamações doloridas da região da garganta que geralmente levam uma a duas semanas para desaparecer.

Ainda que não seja um grave problema de saúde, pode nos exigir alguns dias de repouso e é muito desagradável. Sentimos dor na garganta, acompanhada ou não de tosse, coriza, febre, perda de apetite e do olfato e até congestionamento nasal e das vias áreas com secreção.

Inflamações frequentes na garganta também podem ser um sinal de que o sistema imunológico está debilitado. O ideal é fazer alterações na dieta para consumir mais nutrientes, antioxidantes e vitaminas, como a vitamina C.

dor_de_gargantaOutra maneira de combater as inflamações são os remédios naturais, aquelas receitas da vovó que são passadas de geração em geração e que realmente funcionam. Baratas, não têm efeitos colaterais e podem ser preparadas em casa. Além disso, ainda confortam a alma.

Neste artigo, compartilharemos três receitas fáceis que podem ser usadas para tratar as infecções de garganta.

 

1. Chá de tomilho e sálvia
Esta receita só não deve ser ingerida por mulheres grávidas. O tomilho e a sálvia são antimicrobianas e também fazem muito bem ao sistema respiratório. Beba uma xícara antes de cada refeição e alimente-se apenas com comida bem leve, para que o corpo não gaste suas energias no processo de digestão ao invés de usá-las para combater a infecção.

Ingredientes
2 ramos de tomilho fresco
½ xícara de folhas de sálvia fresca
500 ml de água

Como fazer:
— Leve a água ao fogo até ferver e despeje sobre as ervas, numa jarra grande de vidro. Deixe repousar por 15 minutos, pelo menos, antes de beber.

2. Chá de limão, gengibre e mel
O limão contém vitamina C e é antiséptico, o gengibre é energético e o mel é antimicrobiano e nutritivo. Juntos num único chá, esses ingredientes podem fortalecer bastante seu sistema imunológico, para que o corpo possa expulsar agentes invasores (vírus, bactérias) com facilidade.

Durante crises de garganta, lembre-se de repousar sempre que possível e beber muita água, para facilitar o processo de desintoxicação.

Ingredientescha_gengibre_limao_mel
1 limão
2 colheres de sopa de mel
1 pedaço pequeno de gengibre
200 ml de água fervente

Como fazer:
— Descasque o gengibre e corte-o em fatias finas.
— Numa caneca, coloque as fatias de gengibre e despeje a água por cima. Aguarde 20 minutos.
— Lave e corte o limão pela metade. Extraia o suco puro.
— Coe o chá de gengibre e acrescente o suco do limão, misturando bem. Adoce com o mel e consuma imediatamente, em pequenos goles.

Observação: você pode adaptar a receita para fazer porções menores, mas nunca guarde esse chá para consumir mais tarde.

3. Caldo nutritivo para combater a inflamação de garganta
Assim como chás e xaropes, sopas e caldos fazem muito bem à saúde, hidratam o corpo e são diuréticos, eliminando o excesso de líquido que se acumula entre os tecidos do corpo, dificultando a cura.

Você pode preparar este caldo nutritivo para o almoço ou jantar, mas evite tomá-lo como primeira refeição do dia. O ideal é consumi-lo quente, mas também pode ser tomado à temperatura ambiente, nunca gelado.

caldo_de_cenouraIngredientes
500 ml de caldo de legumes ou de frango
1 cenoura
1 dente de alho
2 folhas de couve cortadas em tiras
1 colher de sopa de azeite ou óleo de coco
Sal e pimenta-do-reino a gosto

Como fazer:
— Amasse o alho e ponha para dourar no azeite.
— Acrescente a cenoura cortada em rodelas, a couve em tiras e deixe refogar, mexendo sempre, até que as folhas amoleçam um pouco.
— Junte o caldo de legumes ou de frango, tempere com sal e pimenta-do-reino e deixe cozinhar em panela semi-tampada até que a cenoura amoleça, mas não muito.

A cenoura tem vitaminas A, C e outros nutrientes que a tornam perfeita para combater problemas do sistema respiratório. Também contém fibras e é de fácil digestão. A couve é rica em ferro, melhor absorvido na presença de vitamina C, e o alho é antimicrobiano.

No período final da infecção, você pode acrescentar um ovo a este caldo, tornando-o mais nutritivo, mas também mais difícil de digerir. No início da doença, quando o corpo estiver com poucas forças, prefira tomar apenas o caldo até se sentir mais forte.

Se os sintomas persistirem ou piorarem, procure seu médico imediatamente, para que ele receite o melhor tratamento para seu caso.

Categorias: Saúde