Saiba mais sobre a mastite e como preveni-la

Saiba mais sobre a mastite e como preveni-la

As mamas são altamente sensíveis e possuem dutos condutores de leite materno que podem entupir e inflamar, causando a mastite.

O problema geralmente ocorre em mulheres que estão amamentando, nos três primeiros meses após o parto. Mas também pode aparecer em outras épocas e em mulheres que não estão dando de mamar.

Dores nos seios são muito incômodas, pois as mamas são muito irrigadas pela corrente sanguínea e possuem várias terminações nervosas. Além disso, as mães que sofrem com a mastite não querem interromper a amamentação do seu bebê para tratar do problema, o que gera grande preocupação.

Neste artigo, falaremos sobre possíveis causas da mastite, como prevenir o problema e daremos a receita de tratamentos caseiros para aliviar os sintomas. Confira!

Sintomas da mastite:

— Dor nos seios
— Inchaço da mama
— Vermelhidão
— Febre
— Coceira
— Nódulo na mama

Não é preciso apresentar todos os sintomas para considerar um diagnóstico de mastite. Se você apresenta alguns dos problemas acima, o melhor é procurar um médico que possa iniciar o tratamento o quanto antes.

Se a mastite não for tratada, pode evoluir para uma inflamação mais grave, com a presença de bactérias oportunistas. Nesse caso, é preciso complementar o tratamento com antibióticos.

Como evitar a mastite

As mamas devem ser completamente esvaziadas quando você der de mamar. Algumas mães dão um seio para o bebê e, antes que ele sugue todo o leite, oferecem o segundo seio. Isso pode levar o leite a se acumular nos dutos e aumentar o risco de uma mastite.

Mulheres que não estejam amamentando também podem apresentar o problema. O uso de piercings no mamilo pode levar à entrada de bactérias nos dutos mamários, causando a inflamação. Os piercings nos mamilos estão cada vez mais valorizados pela indústria da moda. Mas se você decidir por um, precisará cuidar bem do ferimento durante o período de cicatrização.

Sutiãs muito apertados também comprimem os dutos mamários e podem levar a obstruções, dentre outros problemas. Use sutiãs adequados para seu número – nem muito largos, nem muito apertados.

Compressas de água fria e morna para aliviar a mastite

compressa_cha_camomilaNunca use compressas de água quente sobre a pele dos seios, pois ela é muito delicada e queima com facilidade. Use compressas de água morna ou fria, utilizando infusões das seguintes plantas:

— Camomila
— Alecrim
— Equinácea

Para preparar as compressas, basta ferver um litro de água com duas colheres de sopa da erva escolhida. Deixe ferver por cerca de 15 minutos, desligue o fogo e espere amornar.
Depois de frio ou morno, use o líquido para embeber algumas gazes ou pano bem macio de algodão. Envolva as mamas com a gaze, incluindo a região do mamilo. Deixe agir por cerca de 20 minutos e enxágue com uma ducha morna.

Outras causas de hipersensibilidade nas mamas

Muitas vezes, as mulheres sentem um aumento da sensibilidade das mamas antes da menstruação, que pode causar incômodo ou dor. O inchaço também é normal. Esses sintomas estão ligados às mudanças hormonais que acontecem durante o ciclo menstrual e não oferecem motivo para preocupação.

No período que antecede o sangramento, a maioria das mulheres experimenta hipersensibilidade nos seios e até a presença de alguns nódulos na mama, que desaparecem depois do sangramento. É normal também que as mamas fiquem inchadas e pesadas, sintomas que também não são preocupantes. Entretanto, se o sintomas persistirem, o melhor é procurar um médico para saber se não há um problema mais grave.

Mulheres na menopausa também podem apresentar dor nos seios, por causas semelhantes — variações hormonais. Nesse caso, iniciar um tratamento para fazer o sistema hormonal ficar em equilíbrio é a melhor opção.

Outra causa de dor pode ser a presença de tumores, que comprimem os dutos e os nervos das mamas. Se você encontrar um nódulo nas mamas e sentir dor persistente, consulte seu profissional de saúde.

Categorias: Saúde