Como Tratar Cãibras Musculares

Como Tratar Cãibras Musculares

Pode chamar cãibras, dores musculares ou músculos presos, mas na realidade um problema a nível muscular vai afetar de forma séria qualquer treino que se queira fazer, principalmente se as cãibras aparecerem espontaneamente, sem aviso prévio.

E ninguém é imune a cãibras musculares. Todos possuímos músculos mais susceptíveis de serem afetados da por este problema como os dos braços ou os das pernas. As cãibras vão limitar os movimentos pelo que as pessoas que têm estes problemas acabam por ter uma menor performance durante a atividade física.

Existem muitos fatores que podem levar ao aparecimento de espasmos musculares, como a má circulação, estados de desidratação, não realizar alongamentos suficientes, ou então ter realizado exercício que tenha levado a um cansaço muscular extremo.

Mas existem ainda outras complicações, sendo que as cãibras podem ocorrer até seis horas após o exercício, ou seja, quando se está já relaxado e a tentar recuperar. Grade parte até acaba por acontecer à noite quando as pessoas estão a tentar descansar. As dores aparecem, a pessoa acorda, e para além das dores ainda perde horas de sono – muito ruim na realidade.

Felizmente que ao aprender mais sobre o corpo humano e a sua fisiologia o Homem conseguiu descobrir várias formas de tentar prevenir o aparecimento destes espasmos musculares.

Como prevenir cãibras
1 – Beber muita água
Os especialistas consideram que a desidratação é uma das principais causas de espasmos musculares. Além disso, como todos sabemos, beber 1,5 litros de água por dia é algo essencial para nos mantermos saudáveis.

2 – Ingerir muitos eletrólitos
Baixos níveis de sódio ou potássio podem ser uma das razões para as dores musculares. Outro nutriente importante é o magnésio, sendo que muitos médicos recomendam a ingestão deste nutriente a pessoas que sofrem de dores musculares. Bananas ou bebidas energéticas são a melhor fonte deste tipo de nutrientes.

3 – Suplemento vitamínico
Estudos sugerem que as vitaminas B, D e E ajudam a prevenir o aparecimento de espasmos musculares. Se não prevenir pelo menos está comprovado que diminuem a intensidade da dor.

4 – Saltar
Quando os nervos mais pequenos junto aos nossos músculos estão muito fatigados, podem surgir os espasmos e as dores. Felizmente realizar alguns exercícios de saltos permite impedir que estes nervos estejam demasiado “ativos”. Realizar alguns exercícios de saltos após os treinos ajuda a evitar as dores.

5 – Aquecer e alongar
Um bom aquecimento antes do exercício bem como bons alongamentos depois do treino ajudam a afastar problemas musculares. Portanto é realmente importante ter tempo para preparar o seu corpo antes dos treinos, e para relaxar os músculos após o exercício.

Tratar as cãibras
Estique o músculo: quando os espasmos começarem, pare e estique o músculo ou músculos afetados. Uma pequena massagem pode ajudar a aliviar a pressão.

Descanse: tentar esquecer a dor e continuar a treinar só vai aumentar a dor. Quem quer ficar saudável também tem de saber quando deve parar e relaxar um pouco.

Vá à farmácia: tomar suplementos de magnésio e vitaminas são importantes para diminuir os espasmos. Medicamentos anti-inflamatórios podem ajudar a combater a dor muscular.

Categorias: Fitness