Tremor involuntário das pálpebras: quais são as causas?

Tremor involuntário das pálpebras: quais são as causas?

Você já deve ter notado que, durante períodos de grande estresse em sua vida, as pálpebras tremem involuntariamente, dando uma sensação bastante estranha nos nossos olhos.

O cansaço, a fadiga e uma forte ansiedade são as principais causas desse espasmo involuntário dos músculos das pálpebras, e o problema tem nome: mioquimia.

rapaz_olhos_cansadosA mioquimia pode se apresentar em qualquer músculo do corpo. Como as pálpebras, apesar de serem tão finas e delicadas, também apresentarem músculos, o tremor pode se desenvolver nessa região.

Apesar de não ser grave, a mioquimia é incômoda e requer atenção. Sobretudo, é um sinal de que seu sistema nervoso está incomodado com algo, seja o excesso de trabalho, problemas de relacionamento, fortes emoções ou uso exagerado de aparelhos como celulares, computadores e tablets.

Também é possível que o consumo em excesso de estimulantes, como o álcool e o café, interfiram na duração do problema.

Apesar de realmente não ser algo grave, e geralmente desaparecer sozinha, a mioquimia também pode ser um sinal de problemas mais profundos, que só um oftalmologista poderá diagnosticar, como:

  • grau errado de lentes corretivas (óculos ou lentes de contato)
  • ceratite (inflamação da córnea)
  • uveíte (inflamação de uma parte do olho que inclui a íris)
  • blefarite (inflamação da pálpebra, que geralmente apresenta coceira)
  • outras

Além disso, pessoas com olhos cuja lubrificação é insuficiente também podem apresentar o tremor involuntário.

Se seus sintomas incluem também paralisia facial ou dormência em braços e pernas, pode ser um sinal de que o sistema nervoso apresenta algum distúrbio, que pode ou não ser grave. Consulte imediatamente um neurologista para saber do que se trata.

Mas por que as pálpebras tremem involuntariamente em alguns períodos? Porque, quando estamos estafados, sobrecarregados, exaustos, ansiosos ou estressados, o cérebro dispara a liberação de certos hormônios na corrente sanguínea, que afetam diretamente os músculos, incluindo os que envolvem nossos olhos.

Por isso, o melhor remédio para a mioquimia é o relaxamento. Buscar eliminar ou aliviar a fonte do estresse vai beneficiar não apenas a saúde dos seus olhos, como também todo o seu corpo. O estresse contínuo pode ser devastador para o organismo, e causar doenças como:

  • Pressão alta
  • Arritmia cardíaca
  • Problemas cardiovasculares
  • Intoxicação de órgãos vitais, como o fígado e rins, por excesso de toxinas
  • Depressão
  • Transtornos de ansiedade
  • Insônia
  • Perda do apetite
  • Aumento da gordura corporal
  • Dificuldades de concentração
  • Perda da libido
  • Problemas relacionais

Para aliviar os espasmos, massageie suavemente os olhos fechados por alguns minutos, usando a ponta dos dedos.

Aplique uma compressa gelada para interromper os tremores e uma compressa de gaze umedecida em água morna sobre os olhos fechados para relaxar o sistema nervoso.

olho_saudavelEvite ler em excesso, sobretudo em aparelhos como o tablet, celular ou computador. Evite também a televisão.

Relaxe os olhos, caminhe na natureza e olhe ao longe, para que os músculos da região possam ter um descanso.

Evite usar lentes de contato por períodos prolongados, e dormir com elas, mesmo que sejam descartáveis. Elas ressecam os olhos e podem cansá-los mais rapidamente.

Consulte seu oftalmologista regularmente para saber se houve alguma mudança no seu grau e para que ele avalie o estado de seus óculos.

Proteja seus olhos com um bom óculos de sol, além de evitar períodos em que o sol esteja muito forte (entre as 10h e as 16h).

Durante o período em que os tremores se apresentarem, diminua o consumo de café, de bebidas alcoólicas e, se fumar, do cigarro. Essas substâncias apenas pioram o problema, por estimular ainda mais o sistema nervoso.

Categorias: Saúde