Um Guia sobre Suplementos de Proteína

Um Guia sobre Suplementos de Proteína

Para quem gosta de ler revistas ou artigos sobre exercício físico sabe que a suplementação com proteína ajuda a melhorar a aptidão física. Isto acontece porque a proteína ajuda a manter um peso saudável e também ajuda na recuperação muscular após um treino, quer se trate de um treino ligeiro ou mais rigoroso. Mas o que é isto de proteína e quais os melhores tipos de proteína?

O que são proteínas?2 PROTEINAS

As proteínas são macronutrientes que existem em muitos alimentos, em especial em lacticínios e carnes. São compostas por aminoácidos, peças importantes na construção de tecidos como pele, cabelos, músculos e unhas.

Grande parte das proteínas são obtidas através da alimentação, contudo usar suplementos de proteína torna mais fácil a absorção de todos os aminoácidos necessários ao organismo. Mas nem todos os suplementos de proteína são iguais. Antes olharmos para cada diferente fonte de proteína é importante compreender duas maneiras como os suplementos de proteína são muitas vezes classificados:

1 – Concentrado de proteína versus proteína isolada: as proteínas são obtidas de várias fontes de alimento por remoção das partes não proteicas gerando o concentrado de proteína. A proteína que sai deste processo  só tem pureza entre os 70 e os 85%. Se após este passo se fizer o isolamento a proteína fica um grau de pureza de 95% aproximadamente.

2 – Completos versus incompletos: as proteínas completas possuem todos os nove aminoácidos essenciais, ou seja os aminoácidos que o corpo não produz. Os suplementos incompletos só possuem alguns destes aminoácidos.



Agora que já percebemos a diferença de classificação dos suplementos é ainda necessário distinguirmos quais as diferentes fontes de proteína que existe.


1 – Proteínas do soro do leite3 SORO DO LEITE

Os suplementos de proteína mais populares no mercado são os obtidos a partir do soro de leite, um subproduto que resulta do processo de transformar o leite em queijo. Este tipo de proteína é barata, promove o crescimento do músculo magro e a perda de gordura. É rapidamente absorvida além de que existe numa variedade de sabores. Tem a desvantagem de ser indigesta para algumas pessoas devido ao efeito alérgeno associado à lactose, além de que algumas marcas têm demasiados adoçantes.


2 – Caseína

A proteína caseína é produzida também a partir do leite. A caseína em pó oferece benefícios semelhantes às proteínas do soro do leite, mas como esta proteína tem uma absorção lenta é uma escolha ideal para antes de dormir. Assim sendo não é ideal como um suplemento pós-treino, porque é absorvida muito lentamente. A caseína é também mais caro do que as proteínas do soro do leite


4 OVO3 – Proteínas do Ovo

Este tipo de suplemento é rico em vitaminas e minerais que podem contribuir para uma dieta saudável. Não pode ser ingerido por quem for alérgico a ovos. Este é também um dos suplementos mais caros.


4 – Proteína de Soja

A proteína da soja pode ajudar a melhorar o sistema imunológico do corpo e promover a saúde dos ossos. Mas é importante lembrar que a soja pode ter efeitos sobre os níveis hormonais além de que muitos alimentos já possuem alto teor de soja.


5 – Proteína do arroz

A proteína de arroz é considerado uma boa fonte de hidratos de carbono complexos, vitamina B e fibras. Também é de fácil digestão sendo quase inteiramente utilizada pelo organismo.

Categorias: Alimentação